Capa

Luiz Maurício bate recorde sul-americano e faz índice olímpico no lançamento do dardo

O mineiro de Juiz de Fora levou o ouro no Troféu Brasil com 85,57 m - 7 cm acima da marca mínima exigida pela World Athletics para a qualificação aos Jogos de Paris; Pedro Henrique, que também já lançou acima de 85 m, ficou com a medalha de prata

30.06.2024  |  356 visualizações

São Paulo - Luiz Maurício da Silva (Praia Clube-Exército-Futel-MG) não se intimidou com o frio da tarde de domingo (30/6) em São Paulo. O atleta mineiro, de 24 anos, alcançou o índice olímpico do lançamento do dardo, com a marca de 85,57 m – a marca mínima exigida pela World Athletics é de 85,50 m. O resultado também é recorde brasileiro e sul-americano da prova e, claro, garantiu o ouro na etapa final do 43º Troféu Brasil Interclubes Loterias Caixa de Atletismo, que foi disputado no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro.

O lançamento do dardo masculino do Brasil tem experimentado um crescimento exponencial, muito pela disputa interna, desde as categorias de base, entre Luiz Maurício e Pedro Henrique Nunes (Endurance Sports-AM), que ficou com a medalha de prata (77,12 m). Arthur Curvo (AABB-MT) foi bronze, com 72,22 m.

Luiz Maurício e Pedro Henrique chegaram ao Troféu Brasil dentro da área de classificação para o ranking olímpico de pontos, mas Luiz estava na posição limite, na última das 32 vagas disponíveis para a prova nos Jogos de Paris. "Seria tudo ou nada, mas deu tudo certo. Quando lancei 82 metros (na segunda tentativa) já deu um alívio. Estou muito feliz com o resultado." Nem o frio e a garoa da tarde paulistana atrapalharam. "Nem vi o clima! Sabia que ia ser guerra, ia ser loucura. Eu tinha que fazer meu resultado!".

Luiz Maurício começou no atletismo no Cria UFJF, projeto de extensão da Faculdade de Educação Física e Desportos da Universidade Federal de Juiz de Fora, sua cidade natal, aos 11 anos. Em 2020, quando a universidade fechou por causa da pandemia, recebeu o convite para treinar na Escola de Educação Física do Exército (EsEFex), no Rio de Janeiro, com o técnico Fernando Barbosa de Oliveira.

Agora, o Brasil tem dois atletas do dardo que já lançaram acima dos 85 metros. Em maio, na final do Campeonato Ibero-Americano, disputado em Cuiabá (MT), Pedro Henrique, de 25 anos, bateu o recorde brasileiro e sul-americano da prova, ao lançar 85,11 m. "A gente está fazendo história – falo por mim, e também pelo Luiz. São dois atletas lançando 85 metros", disse o amazonense. 

Todos os resultados estão disponíveis no minissite do Troféu Brasil – o acesso é pela home do site www.cbat.org.br

MINISSITE DO TROFÉU BRASIL

A Prevent Senior NewOn é patrocinadora do atletismo brasileiro oferecendo medicina esportiva de precisão e estilo de vida para os que se ligam no esporte e apoio às competições.

As Loterias Caixa são a patrocinadora máster do atletismo brasileiro.

Assessoria de Comunicação: Heleni Felippe (helenifelippe@cbat.org.br) e Maiara Dias Batista (maiara@cbat.org.br).

Luiz Maurício obtém índice olímpico
(Wagner Carmo/CBAt)

Luiz Maurício vibra com o resultado
(Wagner Carmo/CBAt)

Luiz Maurício consegue índice olímpico no Troféu Brasil
(Wagner Carmo/CBAt)

Luiz Maurício e o recorde sul-americano
(Wagner Carmo/CBAt)

Leia também...

23.07.2024

Darlan Romani pede dispensa por questões médicas e não disputa Jogos Olímpicos de Paris-2024

Campeão mundial e finalista olímpico passará por cirurgia na região lombar; parte da delegação, composta por 18 atletas, deixa o Brasil nesta terça-feira (23/7) rumo a aclimatação em Portugal

21.07.2024

Há 100 anos, em Paris, atletismo do Brasil iniciava sua história nos Jogos Olímpicos

Atletismo brasileiro fez sua primeira participação olímpica nos Jogos de Paris, em 1924, com uma delegação de oito atletas; um século depois, Brasil volta à terceira Olimpíada na capital francesa com 19 medalhas conquistadas

20.07.2024

Alison dos Santos encerra preparação olímpica com vitória na Diamond League de Londres

Medalhista olímpico e campeão mundial, brasileiro dos 400 m com barreiras conquistou a 5ª vitória em seis provas no principal circuito do atletismo mundial; agora, segue para camping na Turquia antes de ir para a Vila Olímpica de Paris

19.07.2024

Campeonato Brasileiro Interclubes Sub-16 será em novembro, em João Pessoa

A competição será realizada na pista da Vila Olímpica Parahyba, na capital, de 1 a 3 de novembro; a data inicial foi alterada por causa do calendários das eleições municipais e as restrições impostas pela legislação eleitoral

Entre em contato